Sobre

Este blog serve como plataforma virtual de referências direcionadas ao desenhista que trabalha com a figuração contemporânea, em especial a representação realista do corpo humano. Tentaremos concentrar o máximo de informações, atualizando-o com sites de referência, imagens e também reflexões elaboradas a partir de nossa experiência prática e docente. A socialização de conteúdos, críticas e comentários são bem vindos!

Sobre as Oficinas de Desenho da Figura Humana

Os programas de Oficinas aqui publicados são o resultado de mais de 10 anos de pesquisa e aplicação em Anatomia Artística e Desenho do Corpo Humano. Esta disciplina aparece contemporaneamente num contexto onde a arte figurativa retorna com enorme força, após um balanço de quase um século de experimentações modernistas e pós-modernistas. O nível (e o número) dos artistas figurativos que surgem diariamente no cenário das artes visuais pode ser lido como indicativo de que esse ofício e essa temática (poderíamos dizer “linguagem”) jamais se extinguiu de fato, e ora se apresenta como uma alternativa ao evidente esvaziamento de certas linguagens hegemônicas na contemporaneidade.

Curiosamente, dentre as centenas de referências de que temos conhecimento, é bastante pequeno o número de artistas brasileiros. Mas este número vem crescendo… Além da grande produção de um Sérgio Ferro (atualmente na França), de um Bandeira de Mello, de Paulo Frade (que ainda ministra cursos regularmente) e alguns outros bons pintores, como Juarez Machado e Vilmar Lopes – este está deixando de ser um domínio exclusivo de artistas já maduros e consagrados. Os artistas desta “Nova Pintura”, ou “Hiper-realismo Contemporâneo”, como preferimos chamar – quase que em sua totalidade estrangeiros – são jovens entre 30 e 40 anos. Tirante o número ainda pouco expressivo no Brasil, vimos acompanhando o surgimento de jovens artistas entre nós, engajados nesta “nova escola”, cuja abrangência mundial alcança países como Haiti, Zimbabwe e Nova Zelândia. Será porque no Brasil constituímos um discurso autônomo em matéria de Artes Visuais? Seja como for, se em outras categorias artísticas – como a video art, por exemplo, atuamos pari passo com os países desenvolvidos, repetindo-lhes as fórmulas há décadas, paradoxalmente na pintura e seus procedimentos técnicos estamos com séculos de atraso… É que a docência desta disciplina nas Universidades brasileiras é insignificante. Talvez este possa ser um claro diagnóstico do porquê a pintura figurativa no Brasil é tão pouco expressiva por aqui.

De fato são poucas experiências bem sucedidas neste gênero de Oficinas. Vale citar os excelentes atelieres de Maurício Takiguthi, o de Márcio Alessandri (Cozinha da Pintura), e os espantosos trabalhos de Cícero D’ávila e de Israel Kislansky, todos atuantes em São Paulo; e cito ainda a experiência destes últimos três anos do espaço transdisciplinar MÍMESIS | Conexões Artísticas em Curitiba onde ministramos oficinas específicas de Anatomia Artística entre 2012 e 2014. (Por certo há outras iniciativas, isoladas e de caráter menos sistemático, de artistas e professores autônomos; provavelmente muitos que desconheçamos e ainda outros que apresentaremos em nossa lista de referências e links; estamos sempre atentos a qualquer novidade, e ficaremos felizes de conhecer outras experiências na área).

Já lecionamos Desenho da Figura Humana em cursos de extensão na UDESC (Florianópolis|SC), na Universidade Positivo, workshops na UFPR e diversos cursos no Museu da Gravura Cidade de Curitiba | Solar do Barão (Curitiba|PR), na Casa de Cultura Mário Quintana, no Centro Cultural CEEE Erico Verissimo e no MARGS (Porto Alegre|RS), além de inúmeros cursos livres de instituições diversas. A síntese dos Programas que disponibilizamos aqui foi elaborada especialmente a partir dos seis últimos anos de nossa atuação em Curitiba e em reflexões sobre a técnica e sua contextualização quando da criação do espaço cultural MÍMESIS | Conexões Artísticas, também em Curitiba (2012), dedicado a essas questões e ainda em funcionamento.

Estudando há vários anos em Laboratórios Anatômicos (CCB|UFSC e SCS|UFPR), e pesquisando em bibliografia médica e artística especializada, pudemos adquirir certa “especialização” informal no assunto, que buscamos socializar através das Oficinas. Também desenvolvemos alguns ensaios de crítica no blog http://acrasias.wordpress.com/ e em colaboração no site http://filosofiadodesign.com/

 

Gustavot Diaz
51  | 8257 1090 | TIM (WhatsApp)
gustaveaux@gmail.com

gustavotdiaz.com
https://gdiazportfolio.wordpress.com/
acrasias.wordpress.com
facebook.com/gustaveaux

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s